Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Como driblar a derrota da aparência.

Pois é... Sempre tem aquele dia que vc acorda com o cabelo "espetando o pé de Jesus".
Na maioria das vezes você acorda assim, quando você enfiou o pé na Jaca na véspera. É normal acordar com a cara de urso panda, com o rímel do dia anterior. Com o  muco todo dredado, ou com um lado puxou o pai e o outro a mãe. Só que vc acordou as 16h em um domingo. E vai rolar outra vibe bafônica, de última hora. Não tem salão pra te salvar. Não tem escovão, não tem chapinha.... E tb não vai dar tempo do seu cabelo secar e ficar fechação. O que fazer?

Aproveite a vibe "african style" e meta um turbante na cabeça, com aquele lenço grande, q vc herdou da sua tia, naquela viagem que ela fez em 90 pra Portugal (Não tem problema, se tiverem galos na estampa e franjas. O vizoo vai ficar ainda mais exótico, só eleja uma cor básica pra a a sua roupa!) Se as pessoas não entenderem a proposta africana, diga que é uma homenagem a "Herculano Quintanilha" de "O Astro". Ou diga que vc é uma consuleza da Namíbia ou a Princesa de Zamunda!

Se jogue no look, e faça uma maquiagem super fervo, com mto corretivo, nas pálpebras inferiores pra disfarçar as olheiras da viração. Ninguém vai nem desconfiar, que você estava entregue as baratas no dia anterior! Vai ficar parante.

Eu sempre estou aderindo a esta opção. Todos juram que é pq tenho classe e estilo, mas não. É pq o cabelo tá fusado!

Sigam este vídeo de Dudu Bertholini, estilista da marca Neon, e aprenda a fazer amarrações de "ahazar"!

2 comentários:

  1. Usava pano na cabeça, quano criança tive piolho. Hoje quano lavo roupa, pra num molhar a chapinha também.

    ResponderExcluir